“Quando damos os primeiros passos no caminho, ainda não somos capazes de ajudar os outros. Para poder beneficiar os outros devemos, em primeiro lugar, nos aperfeiçoar, purificando e transformando a nossa mente. Esse é o objetivo daquilo que chamamos de ngondro (ou práticas preliminares). Ele estabelece a base de todo o progresso espiritual. Talvez você pense que pode dispensar essas fundações para praticar ensinamentos que lhe parecem mais profundos, mas, ao fazer isso, estará construindo um palácio na superfície de um lago congelado.”

– Dilgo Khyentse Rinpoche

Como funciona

Este será um retiro intensivo com quatro sessões de meditação diárias para quem deseja iniciar, retomar ou completar o ngondro ou práticas preliminares.

Serão dados ensinamentos e instruções práticas sobre as preliminares externas e as preliminares internas, as duas seções que compõem o ngondro.

Preliminares externas

As preliminares externas são as contemplações sobre os quatro pensamentos:

  1. a oportunidade e a preciosidade da vida humana;
  2. presença constante e o significado mais profundo da impermanência e da morte;
  3. a infalibilidade da lei de causa e efeito, o carma;
  4. o ciclo repetitivo de frustrações e sofrimentos que é o samsara.

As contemplações sobre os quatro pensamentos inspiram um sentimento forte de renúncia, um desejo urgente de emergir do samsara e seguir o caminho à liberação, o que constitui a base para as práticas específicas, as preliminares internas.

Preliminares internas

As preliminares internas são refúgio, boditchita, mandala, Vajrasatva e ioga do guru.

Tomar refúgio é a primeira condição para a prática, sem a qual não há nenhum crescimento ou verdadeira realização do significado profundo.

Tomamos refúgio no Buda como o guia; no Darma, a verdade dos seus ensinamentos, como o caminho; e na Sangha, os praticantes, como companheiros no caminho.

Depois de tomar refúgio, o foco é o desenvolvimento da boditchita, a essência da mente iluminada, a mente de amor e compaixão infinitos em relação a todos os seres.

Durante o refúgio e a boditchita é feita a acumulação das prostrações.

A seguir, é feita a oferenda de mandala, para a acumulação de mérito e de sabedoria.

Na quarta etapa o foco é Vajrasatva. Esta prática purifica obscurecimentos e remove obstáculos.

A quinta etapa é ioga do guru no contexto de Guru Padmasambava. Com essa prática, passamos a ver o guru como a personificação de todos os budas e bodisatvas e manifestação das Três Joias; aprendemos a sentir sua presença e a unir a nossa mente com a mente de Guru Padmasambava.

Compromisso com a prática

Para completar o ngondro é preciso acumular um número mínimo de repetições de prostrações, oferendas de mandala e recitações de mantras. Para isso é importante um comprometimento do aluno com a prática.

Saiba antes das novidades do Khadro Ling

ou .